segunda-feira, 3 de maio de 2010

A auto estima broxante.



Assunto delicado.
Progesteronadas, a auto estima que habita vossas mentes interfere totalmente no interesse testosteronado.
Darei 2 exemplos:

1º - Testosteronado conversando com uma progesteronada.
No meio da conversa, ele percebe que a auto estima dela é das piores. Está no chão.
Ela diz como o namorado dela a deixou. Como ela está gorda e precisa de uma academia. Como as espinhas explodem em seu rosto.

2º - Testosteronado conversando com uma progesteronada.
No meio da conversa, ele percebe que a auto estima é grande demais para a pessoa que habita.
Ela fala o quanto ela é popular. Quantos testosteronados já chegaram nela, na balada. Que o instrutor da academia a elogiou pela sua barriga reta.

Esses dois casos broxam uma conversa e uma aproximação do testosteronado.
Na primeira situação, ele verá que o problema é grave.
Caso engrene algo, ela grudará nele como se ele fosse o messias.
Parece ser uma presa fácil, mas ele se arrependerá amargamente de ter fornecido seu número do celular.
Mensagens em horas impróprias, várias vezes ao dia.
Conversas que se arrastam no msn.

Na segunda, ele não conseguirá ter uma conversa por mais de 5 minutos que não seja sobre ela.
Ela será o centro das atenções e fará seu número de teatro até dentro do quarto.
Não é uma boa pedida.

Isso, para mim, reflete insegurança.
Nos dois casos.
No primeiro, ela não tem forças para se reerguer do caso recente.
No segundo, ela quer se convencer que ela é melhor.
Eu corro dessas situações.
Não vale se arriscar e ter sua vida sugada por uma pessoa insegura.

3 comentários:

khmer student disse...

Hi! friend, Could you exchange link with my site? it is new, do hope our job will be bether then now if we exchange link together
Here's mine
http://khdoc.blogspot.com/

http://khmergay.nibblebit.com/
http://amangay.blogspot.com/
cheer,

Khdoc news

Stella Menegucci disse...

Você é ótimo!

Ana disse...

Pena que você parou de escrever! Achei imensa piada ao seu blog.